Spiga

RIO GANHA SEU PRIMEIRO LABORATÓRIO DE NANOCIÊNCIA E NANOTECNOLOGIA

Neste mês, o Rio vai ganhar seu primeiro laboratório de nanociência e nanotecnologia totalmente aberto aos grupos de pesquisa de todo o país, o LABNANO. Instalado no Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), o Laboratório, que será inaugurado no dia 10 de dezembro pelo ministro Sergio Rezende, da Ciência e Tecnologia, vai impulsionar as pesquisas na área de materiais nanoestruturados e dará ênfase à produção de estruturas em escala nanométrica, tais como sensores com ampla gama de aplicações, desde imageamento térmico até sistemas lab-on-chip para diagnósticos médicos.

As decisões estratégicas relacionadas à implementação e ao gerenciamento do LABNANO estão a cargo de um comitê gestor, presidido pelo diretor do CBPF, Ricardo Galvão, e integrado pelos pesquisadores José d'Albuquerque e Castro (UFRJ), José Soares (UERJ), Fernando Lázaro Freire Jr. (PUC-Rio), Marcelo Prado (IME), Roberto Bechara Muniz (UFF), Edson Passamani (UFES).

Os investimentos para montagem do LABNANO somam cerca de R$ 7 milhões e financiaram, além da obra civil, uma sofisticada infraestrutura de nanofabricação e caracterização de amostras, que conta com microscópio eletrônico de transmissão de alta resolução, sistema de nanolitografia por feixe de elétrons RAITH e_LINE, microscópio eletrônico de varredura com sistema de espectroscopia por dispersão de Raios X, além de outros recursos integrados.

A equipe de especialistas do CBPF estima que o LABNANO atenda a pelo menos 100 projetos de pesquisa por ano.


Mais informações em:  http://portal.cbpf.br/index.php?page=Noticias.VerNoticia&id=394

Por
Vanessa Mebus
Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas - CBPF
Núcleo de Comunicação Social - NCS
vanmebus@cbpf.br
ncs_cbpf@cbpf.br
+55 (21) 21417459

1 comentários:

  Anônimo

22 de dezembro de 2010 09:02

Voçê tem contacto de email para fazer parceria.