Spiga

Ação e reação

Balão-foguete

Objetivo
Mostrar que num sistema onde inicialmente não existe movimento nenhum e então 2 partes diferentes do sistema começam a se movimentar, existe uma compensação: os movimentos ocorrem na mesma direção, porém em sentidos opostos.

Contexto
O Princípio da Conservação da Quantidade de Movimento Linear diz que "todo sistema sempre conserva constante a sua quantidade de movimento linear", esta podendo ser inicialmente nula ou não.
Neste experimento, o sistema considerado é o balão e o ar que ele contém, para o qual a quantidade de movimento linear inicial é nula.

Idéia do Experimento
O experimento consiste de aproveitar o movimento de um balão cheio quando é solto com a entrada de ar aberta de tal modo que este movimento seja retilíneo.
A idéia é a de explorar a compensação de quantidades de movimentos que ocorre neste experimento. Enquanto o balão se desloca para um lado, o ar que escapa dele se desloca no sentido oposto.

Tabela do Material
Ítem
Um balão
Linha (2 m ou mais)
Fita adesiva
Canudo de refrigerante

Montagem
Grude o canudo sobre o centro do balão, com ela ainda vazio.
Passe uma das pontas da linha por dentro do canudo.
Coloque o balão na extremidade correta.
Encha o balão e solte-o.

Comentários
A forma do balão e a posição na qual se cola a fita sobre o balão são fatores cruciais para o sucesso do experimento. É aconselhável praticar um pouco, para que se identifique o ponto ideal de contato, uma vez que a forma dos balões varia muito.

1 comentários:

  Anônimo

18 de maio de 2009 14:54

esse experimento me ajudou muito,porque eu tirei boa nota na escola.Agradeço muito a quem inventou essa experiência!