Spiga

Eclipse Lunar total

Na noite desta quarta-feira (15), a lua apareceu já eclipsada no céu brasileiro. O eclipse total do corpo celeste pôde ser observado por cerca de uma hora e quarenta no Brasil, a partir das 17h25min, dois minutos antes de o Sol se pôr. O fenômeno pôde ser visto em várias partes do mundo, tendo melhor visualização na Ásia, Austrália e América do Sul. Foi possível, inclusive, acompanhá-lo em tempo real por um streaming do Youtube promovido pelo Google.


Mais cedo que no Brasil, o observatório de Sydney, na Austrália, informou que o eclipse começou às 3h25 da quinta-feira (14h25 de quarta-feira no horário de Brasília) e pode ser visto por mais de uma hora e 35 minutos. Em vários locais, a Lua apareceu avermelhada, por conta das cinzas do vulcão chileno Puyehue na atmosfera. Foi o mais longo eclipse lunar desde 2000.
O eclipse lunar total acontece quando a lua passa pela longa sombra da Terra produzida pela luz solar. Enquanto a Lua fica imersa na sombra da Terra, um disco ao seu redor aparece e gradualmente vai mudando de cor, passando para prata, laranja e vermelho. A passagem da lua pela sombra da Terra durou 5 horas e meia.

Fonte: Último Segundo IG

8 comentários:

  Anônimo

22 de junho de 2011 23:06

Good Article

  Anônimo

24 de junho de 2011 08:08

Good Article

  Anônimo

28 de junho de 2011 03:15

It’s funny how many articles and news come out on a weekly basis.

  Anônimo

20 de julho de 2011 08:53

Very interesting topic , appreciate it for posting .

  Francês Dicas

4 de agosto de 2011 12:06

Opa muito bom seu Blog adoro física inclusive cheguei até começar o curso superior se desejar fazer uma trocar de Banners faz uma visitinha la no meu Blog

http://francesdicas.blogspot.com/

Att, Daysisinha Caldas

  HepatitesMS

25 de agosto de 2011 18:47

Olá equipe do blog SOS Física.

A Hepatite B é uma doença silenciosa que, em sua forma crônica, atinge mais de dois milhões de brasileiros. Apesar de ser uma doença comum, nem todos conhecem as formas de transmissão ou prevenção, como a vacina, que está disponível nos postos de saúde. Para diminuir os riscos e consequências da Hepatite B, precisamos reforçar a divulgação das informações básicas. Por isso, contamos com sua ajuda. Entre em contato para receber todo o material da campanha!
Ministério da Saúde.
comunicacao@saude.gov.br
hepatitesms@gmail.com

  Matheus

25 de janeiro de 2012 08:21

Passando para conhecer o blog, muito bom e com ótimo conteúdo!!

  Matheus

25 de janeiro de 2012 08:22

Parabéns pelo espaço!!